segunda-feira, 10 de novembro de 2008

COMIDA DE MÃE

Fiquei o final de semana sem postar nada por que estava num evento em família, no interior de São Paulo. Mas fui com a certeza que teria muito assunto pra nós aqui no Blog pois os encontros da família Tezoto são sempre regados!

Sem negar nossa veia italilana, todas as comemorações da nossa casa são em volta de uma mesa. Os quitutes são um show à parte e muitos deles contam com uma super produção na elaboração. Falemos da beringela do meu pai no post de amanhã e vcs verão.

Hoje falarei do cuscus da minha mãe. Sou louca por esse cuscus paulista e minha tia Nilce sempre fez pra mim. Quer dizer, não sei se era pra mim mas foi ela quem me viciou nisso e é uma de suas especialidades. Além de tudo, é bom acreditar que ela fazia pensando em mim. Minha mãe depois começou a fazer também e vou dizer: é irresistível. Pois quando cheguei no sítio esse final de semana, lá estava aquela delícia me esperando. Recepção nota 10!

O da minha mãe é leve, sem sardinha (que geralmente tem nesse tipo de cuscus mas como minha mãe não gosta, não coloca), com bastante palmito, azeitona e tomatinho cereja. Maravilha. E além de tudo, fica lindo! (de novo, a foto não ajuda muito pois ainda não investi num celular novo). Enfim, comi o que tinha direito e o que não tinha, para guardar bem na minha memória esse gostinho que só tenho de vez em quando, quando minha mãe - que mora em São Paulo - resolve me agradar!


Melhor ainda ficou pois foi acompanhado de um vinho de colônia (aprendi com meu pai esse final de semana que é assim que se chamam os vinhos feitos pelas famílias italianas, em casa. Em Tietê, cidade onde nasceram meus pais e onde é o sítio, o que mais tem é italiano. Consequentemente, o que mais tem é vinho de colônia, uma delícia. E não é "sangue de boá", não...).

Me diz você agora: comidinha de mãe, é ou não é um pecado de bom??? A sua tem alguma especialidade? Me conta! OU manda a receita pelo meu email (lutezoto@gmail.com) que eu posto aqui.

bjs

3 comentários:

alexandre disse...

Minha mãe não é uma grande cozinheira, até porque ela odeia cozinhar. Mas ela tem alguns pratos deliciosos. Gosto especialmente do lombo cheio, da maionese, do cozido e do caruru.

Eu quero comer esse cuscus!!!!!

Bjs,
alex

Anônimo disse...

Delícia hein! Esse final de semana também fui visitar a família em BH. Minha avô não vai pra cozinha, mas tem prato que se eu for e nao comer eu morro! Frango ao molho pardo!! MTO BOM!!!

Mas lembrei de vc mesmo foi num restaurante que fui lá. o meu favorito de BH, o La Vitoria. A especialidade deles é carne, mas o melhor é a sobremesa: Cornetto corcante ao creme de mascarpone, frutas do bosque e sorvete de baunilha. Tirei até uma foto pra te mandar. dps eu mando... essa sobremesa é tudo!!! Uma explosao de sabores inesquecível! hahaha!

bjs,
Paula

Svea disse...

olá Lu,

meu nome é Svea Kröner, moro e trabalho em São Paulo, com vídeo e TV.
Estou começando a produzir o meu documentário, intitulado "Encontros, Memórias e Temperos" e gostaria de inserir alguns textos no roteiro.
Podemos conversar a respeito?

Ficarei muito feliz com o seu retorno breve!

Abç,
Svea :-)