quarta-feira, 29 de outubro de 2008

SALADA MONTADA - TUDO SEMPRE IGUAL

Onde eu trabalho, agora como opção para o almoço tem um daqueles tantos restaurantes cujo forte é a saladinha montada. Sabe como é? Quem mora no Rio manja bem o que estou falando.

Lembro que fui sugada por essa moda quando conheci o Doce Delícia. Tudo parecia novo, aquela coisa de você ter um papelzinho onde preenche - dentre muitas opções - o que quer comer no dia, como montar sua salada, com o molho que quiser e na quantidade que bem entender. Você escolhe! Era o máximo da lilberdade, o máximo de poder se expressar. Não tinha mais aquele "eu quero essa salada mas com isso e sem aquilo". Em tempos de internet onde tudo é a experiência do usuário, onde quem manda é o internauta, a tal saladinha montada parecia uma profecia, guardada as devidas proporções.

Pois bem, o que aterrisou lá pelo meu trabalho foi o Emporium Pax. Ficamos - principalmente as mulheres - muito contentes! Oba, comida saudável!
Só que, meus amigos, todos os dias você ter que montar sua própria salada, não é mole, não.

Primeiro por que tem dias que você não quer escolher. Você quer mais que alguém escolha e decida tudo por você. Não é verdade?
Segundo por que por mais que você tenha 40 opções do que colocar na sua salada, quando mistura parece que o gosto é sempre igual. É uma cara de déjà vu total.
Terceiro por que, de novo, por mais que você tenha 40 opções do que colocar na sua salada, você acaba escolhendo o que mais gosta e a salada sai sempre igual!

Hoje, montando minha sempre igual salada, comentei isso na mesa e percebi que mais gente achava isso também.
Então, em homenagem a todos aqueles que são vítimas das saladinhas montadas - a princípio tão inocentes e liberais - escrevo esse post. Comentem aqui, dividam comigo as aventuras de vocês nesse assunto, quão escravos elas nos tornam. Sem medo de ser feliz!

Resumindo, as saladinhas montadas podem ser uma roubada, minha gente. Vai por mim.

4 comentários:

Anônimo disse...

Eu concordo! Sugiro que vc faça um menu com propostas de saladas para que nós possamos ter como referência! O que combina com o que...
Bjs
Roichman

Anônimo disse...

concordo, lu! o pior é que quando tento mudar alguma coisa na salada, acabo me arrependendo. mas a mesma todo dia nao da.. dificil hein!
bjs
Paula

Anônimo disse...

Está coberta de razão! E esse lance de ter liberdade de escolha e optar sempre pelas mesmas coisas acontece em muitos outros momentos da vida. Não é exclusividade da salada, não!
Bjs
Renatinha

Alexandre disse...

Pois é. Quando eu tento variar um pouco na escolha dos ingredientes, fico com medo de me arrepender, de não dar certo. Então, acabo sempre escolhendo os mesmos 15 itens. Com isso, a salada acaba virando uma espécie de prato pronto, igual todos os dias, sem variação, apesar de toda a liberdade de poder montá-la como quiser. Estranho, isso...
Bjs, Alex